Elizabeth Ume Shimada, a vovó do chá

Se você acredita que é tarde demais para começar a realizar qualquer empreitada, precisa antes conhecer Dona Elizabeth Ume Shimada. Filha de imigrantes japoneses que aportaram no Município de Registro/SP nos anos 30, fundou, aos 87 anos de idade, em 2014, a marca do chá preto artesanal mais queridinho do Brasil, conhecido como Obaatian.

Obaatian quer dizer avó em japonês. E é a própria vovó do chá que impõe o ritmo de produção do chá comercializado. Apesar de já sofrer com alguma dor na perna e não mais se dedicar diretamente ao chazal, acorda todos os dias às 3h30min da manhã para se alongar, alimentar as galinhas de sua propriedade e supervisionar as atividades de Teresinha, a filha que se encarregou da continuidade da produção e ainda incrementou o momento mágico do chá com sua produção de chips de mandioca, biscoitinhos amanteigados de goiabada e canudinhos de doce de leite.

O Sítio Shimada, onde vivem Obaatian e Teresinha, organiza visitas, com prévio agendamento, ou hospedagem com “chá da manhã”. Anualmente, há até uma Rota do Chá, organizada pela Escola de Chá Embahú e Infusorina, que conta a história do chá no país e proporciona uma visita guiada ao local. è possível também conhecer a plantação de lichias do lugar, que conta com 600 pés da fruta.

No Sítio, os visitantes podem realizar a colheita, acompanhar o processamento artesanal do chá colhido, caminhar pelo sítio, almoçar com a família Shimada e, claro, com a vovó do chá, que sempre tem tiradas espirituosas e divertidas, além de mil histórias para contar. Há uma lojinha no local, em que são vendidos os chás em quantidades diversas, além de suportes de panela e panos de prato feitos por Dona Ume.

O chá produzido já arrebatou os corações de consumidores de todo o Brasil, que conseguem encontrar o produto em diversos restaurantes e cafés. Para quem ainda não teve a oportunidade de conhecer o Obaatian, na página do Sítio Shimada há uma loja online, onde seu desejo vira realidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *